Equipe

Nossa equipe trabalha constantemente para que nosso público e as produções que recebemos estejam sempre satisfeitos com o espaço, o atendimento e as programações. Todo o nosso trabalho é voltado para processos de formação, produção, mobilização e difusão cultural, na perspectiva de tornar a Arena Carioca Carlos Roberto de Oliveira - Dicró um espaço cultural público de excelência e referência para o restante da cidade.

Isabela Souza da Silva

Diretora de projetos de arte e território do Observatório de Favelas


"A Arena Dicró é certamente um dos melhor lugares no mundo para trabalhar. Ela é o palco de concretização de muitos sonhos e há um investimento grande por parte da nossa equipe, muito jovem e engajada, no sentido de fundá-la como uma referência para cidade em termos de excelência e cuidado com que as coisas são pensadas, planejadas e produtivas."
isabela@observatoriodefavelas.org.br

Rebeca Brandão

Gestora


"Estar na Arena, para mim, é trabalhar na construção de novos horizontes possíveis para a cultura na cidade." rebeca@observatoriodefavelas.org.br

Carolina Meirelles

Assistência de Coordenação


"Em 2012, quando estive na Arena pela primeira vez, desejei fazer parte da equipe porque esse lugar é mágico! Gosto de tudo, na Arena Dicró. Do verde que nos circunda, da comida saborosa do boteco, da programação, do carinho e reconhecimento que o público tem com o nosso trabalho."
carolina@observatoriodefavelas.org.br

André Fernandes

Administrativo


josecarlos@observatoriodefavelas.org.br

Marina Lima

Produção


"A Arena é um lugar de encontro entre pessoas de diferentes regiões da Cidade e isso me motiva a trabalhar neste lugar de tamanha importância para a Cidade."
marina@observatoriodefavelas.org.br

Ana Paula Gualberto

Produção


ana@observatoriodefavelas.org.br

Talita Nascimento

Gestora de Comunicação


"Trabalhar na Arena Dicró é lutar pelo lugar onde moro desde que nasci, pois a cultura do suburbio é linda e deve ser valorizada, sou moradora da Penha e é uma honra estar em um espaço onde a luta é feita através de cultura e amor" talita@observatoriodefavelas.org.br

Nyl de Souza

Gestor de Comunicação


nyl@observatoriodefavelas.org.br

Horácio Marcelo

Vigilância


Wellington Batista

Vigilância


Fernando Soares

Vigilância


"Eu gosto de trabalhar aqui porque tenho a oportunidade de conhecer muitos tipos de gentes e tenho acesso a atividades que eu nunca tive. Teatro, dança, circo, muita coisa. As vezes acaba meu horário e eu fico pra assistir o que tiver de atividade."

Wilton Alves

Vigilância


"Esse espaço me proporciona bons encontros. Seja com meus colegas de equipe ou com o público de um modo geral."

Thaís Santos

Serviços Gerais


Clésia Maria

Serviços gerais


"